Sua primeira aula de tcheco!


Hoje em nosso primeiro post vamos fazer o verbo básico – být, que em português tem 2 possibilidades, dependo do contexto: ser e estar.
Ele não se comporta como um verbo regular, mas nota-se um certo padrão em sua conjugação.

 

Já jsem My jsme
Ty jsi Vy jste
On, ona, ono, to je Oni, ony jsou

 

Em tcheco não é comum se utilizar o sujeito junto com verbo, por exemplo: “eu faço”, “ele faz”. Somente havendo necessidade (ou se você quer apontar alguém, ou a si mesmo, ou com a intenção de salientar o agente da frase). No começo do estudo eu recomendo usar sujeitos, mais por uma questão de fixação.

Como podemos usar esse verbo na prática? Como no português, o verbo být é utilizado nas mais diversas situações, uma das mais básicas, mas não menos importantes é se apresentar. Por exemplo:

  1. jsem Raoni. (Nesse caso é até bom usar o sujeito, pois desta forma você dá enfoque em si na sua própria introdução).
  2. Ty jsi Martin.
  3. Ona je Gabriela.

    Um outro verbo para se apresentar que pode ser até melhor, conforme o contexto, é o verbo “jmenovat se”. Veja como funciona:
  4. “Ty se jmenuješ Martin”. “Você se chama Martin”.

 

Para a pergunta: “Jak se jmenuješ?”, “Qual é seu nome?” podemos responder de duas formas:

  1. Já jsem ….”, ou seja “eu sou o …”;
  2. Ou então “jmenuji se….”, ou seja “eu me chamo…”. Perceba agora que não é utilizado o pronome.

 

Quando for apresentar alguém, ou seja, utilizar os pronomes “on”, “ona”; não se diz “Ele é o Igor”, dizendo “On je Igor”. Não fica muito natural. A forma mais correta de se utilizar a terceira pessoa, seja ela “ona” ou ele “on”, é através de “to” (que se refere com neutro, favor, não confunda a pronúncia com o “to” do idioma inglês, a sonoridade é próxima mesmo do português).

 

Veja o exemplo a seguir:

“To je Igor, to je Marie” – você está apresentando Igor e Marie para os outros.

 

Desta forma, você pode apresentar quem você desejar:

1. To je Franz.

2. To je Miloš.

No plural a apresentação é feita de outra forma. Por quê? Simples! Cada um faz por si.

 

Outra função de být é que usa junto de adjetivos, como no português, para descrevermos alguém ou simplesmente qualificar.

Exemplos:

  1. Jsem vysoký – Eu sou alto.
  2. Jsi chytrý – Você é inteligente.
  3. Ona je krásná – Ela é linda.
  4. On je hezký –   Ele é bonito.
  5. My jsme dobří! Nós somos bons!

 

O verbo být também é utilizado quando conjugamos verbos no tempo passado. Uma característica, que não é encontrada em uma língua eslava mais central, como ocorre por exemplo com o russo, onde é feito de maneira direta. Por outro lado, isso é mais típico para outras línguas, como o inglês e, em algumas situações, até no português. Diga-se de passagem: na língua tcheca não existem tantos tempos do passado (pretérito mais que perfeito, por exemplo).

 

Exemplos de outras frases feitas com o verbo být:

  1. Můj bratr je malý – Meu irmão é pequeno.
  2. Moje máma je hezká paní – Minha mãe é uma senhora bonita.
  3. Škola je zábavná – A escola é divertida.
  4. Univerzita je velká – A universidade é grande.

 

Ficou claro como utilizá-lo? Dúvidas? Pergunte nos comentários no Facebook!