Como cumprimentar em tcheco?


Aqui nas postagens abordamos por enquanto os tópicos mais gramaticais e culturais sobre tcheco e vida na República Tcheca do ponto de visto dos brasileiros. São tópicos bem interessantes, mas agora chegou hora falar mais ainda e começar nos focar no primeiro contato com pessoas locais que vivem em uma parte da Europa muito bonito, a Europa central. Primeiro, você tem que estabelecer uma forma de falar, seja formal ou informal. Se você não conhece pessoa ainda muito bem, não se trata de um amigo, os adultos mantêm certa distância entre si  pela conversão formal, que é muito bem definida pela conjugação de verbos, mas nos comprimentos também. E a nossa pergunta típica “Tudo bem?”, que falamos para todo mundo, será que funciona na República Tcheca também?

 

Formální pozdravy – cumprimentos formais

 

Dobré ráno 

(Bom dia) – usamos para todo mundo, é tanto formal como informal

 

Dobrý den 

(Olá) – literalmente Bom dia

 

Dobrý večer

(Boa noite) 

 

Dobrou noc 

(Boa noite) – na hora de dormir. formal e informal

 

 

Há outros cumprimentos, mas não são muito frequentes (usados nas palestras, na faculdade, na conversa muito formal – apresentação do projeto): 

 

 

Dobré poledne  (12:00 em ponto) 

Bom “meio-dia”

 

Dobré dopoledne (10:00-11:59)

(Bom “até meio dia”) – no Brasil somente como Bom dia

 

Dobré odpoledne

(depois das 12:00), literalmente: Boa tarde

  

Despedida – rozloučení:

 

Nashledanou

(Até mais / Tchau)

de forma curta (coloq.): Nashle!  

 

A despedida pode ser completada com estes frases (dependendo da situação):

 

Uvidíme se brzy / Brzy se uvidíme.

(Nos vemos logo/breve.)  

 

Zase někdy

(Novamente em algum momento)

coloquial: Tak zas někdy (Então nos vemos novamente em outromomento)

Essas frases sozinhas não funcionam como  despedida, somente completam a própria despedida e fecham a conversa.

 

Neformální pozdravy – cumprimentos informais

 

Ao abrir ou fechar uma conversa usamos:  

 

Ahoj 

(Oi / Tchau) – em qualquer meio – email, telefone, boca a boca

 

Čau 

(Oi, Tchau)

Formas coloquiais: 1) Čus – (em alemao: Tschüss), 2) (Na)zdar – sem tradução, uma forma meio grosseira ou ao mesmo tempo meio que “cool”

 

 

Despedida coloquial:

 

Tak čau! / Tak čus!

(Tchau então!)

 

 

Tudo bem? / Como vai e respostas em tcheco

 

Tomem cuidado, gente. Essa expressão não é usada de mesma forma como no Brasil, onde você pode usar “tudo bem” como uma parte do seu cumprimento para qualquer pessoa. E ao mesmo tempo você costuma receber essa pergunta de qualquer pessoa conhecida ou até mesmo desconhecida . Já na República Tcheca você pode usar somente quando já conhece a pessoa bem ou tem pelo menos um relacionamento com ela (amigo, mas não somente conhecido). Essa frase ele é levada muito sério e ao falar  ela você já está entrando em questões pessoais. Está mostrando uma certa preocupação com aquela pessoa e quer saber como ela realmente está. Muitas vezes você pode esperar respostas que não sejam muito positivas, porque costumamos ser sinceros e não somente responder de forma curta: “Tudo….” É bem provável que, ao perguntar isso para uma pessoa desconhecida, ela estranhará e não responderá nada.  

        

 

 

Jak se máš?

(Como você está? / Tudo bem?)

máš – vem do verbo MÍT – TER

 

Jak se máte?

(Como o Sr.-a está? / Tudo bem?)

 

Jak to jde? / Jak se vede? 

(Como vai?)

 

 

Resposta positiva:

 

Mám se dobře. 

(Estou bem.)

 

 

Cuidado! – Pozor!

 

dobrý – adjetivo (dobrý – masculino, dobrá – feminino, dobré – neutro)

dobře – advérbio – inglês: well

 

Mám se skvěle.

(Estou muito bem.)

 

Daří se mi.

(Estou super bem.) 

Se você quiser, pode também antecipar a resposta.

 

Você pergunta: “Jak se máš?” E logo vem a pergunta: “Máš se dobře?”

 

Ano – Sim (mas no dia a dia dizemos: Jo ou No – palavras coloquial dizendo sim)

Ne – Não

 

Respostas negativas são frequentes muitas vezes: 

 

 Mám se špatně.

(Está ruim.) – no sentido “para mim”

 

Hmmm, nic moc.

(não muito) – lit. nic – nada, moc – muito 

 

Stojí to za prd!

(stojí – 3. pes. do verbo “stát” – custar, valer, za – por, prd – peido)

 

Mohlo by to být lepší.

(Poderia ser melhor.)

mohlo – 3. pes. do verb. moct/moci – poder,

by em frase tcheco vai criar um condicional do verbo být (ser/estar), acompanhado em forma do passado – příčestí minulé, em português -ia

 

 

Perceba também que em tcheco em vez de usar o verbo estar – být, usamos o verbo ter – mít para responder a pergunta Jak se máš? (Como está?), já na pergunta é usado o verbo ter (mít).

 

 

Agora é a sua vez. Vamos praticar juntos durante meu curso de tcheco? Só ter foco e confiar em você que conseguirá dizer muitas coisas em tcheco e já se comunicar com nativos. Tenho isso provado em alguns dos meus alunos. Conheça seu novo idioma da Europa Central sem medo, pelo contrário, com muita felicidade, uma vez que você vai aprender alguma coisa nova, que pode enriquecer a sua pessoa. 

 

Menu